GOLPE DE REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEL EM BH – FIQUE ESPERTO!

Já pensou em contratar um serviço de regularização e no final descobrir que todo o dinheiro e tempo gasto foram perdidos? Pois é, foi o que aconteceu com essa vítima de Belo Horizonte (BH). Pagou por inúmeras taxas e pela emissão de documentos para regularização de um imóvel e, ao levá-los ao cartório, percebeu que caiu em um golpe. Contratou os serviços de três homens que se passavam por titulares dessas instituições.

 

“...Polícia Civil investiga falsificação de documentos para regularização de imóveis.

Os suspeitos se passavam por profissionais da área e podem responder por crimes de estelionato, falsificação ideológica, falsificação de documentos, usurpação de função pública e apropriação indébita. Se condenados, podem pegar até 15 anos de reclusão.

 

Carimbo de Golpistas de Regularização de Imóveis

Foto: Ramon Bittencourt

A Polícia Civil acredita que outras pessoas tenham sido vítimas do trio. Nesta quinta-feira (12/11/20), a polícia cumpriu três mandados de busca e apreensão em dois endereços (dois em Belo Horizonte e um em Sete Lagoas, na região Central de Minas Gerais) e nos locais apreendeu selos, carimbos oficiais, além de documentos falsos. Apenas dois suspeitos foram localizados até o momento, mas nenhum foi preso.

"As investigações começaram no início do ano, após uma denúncia da vítima. ...

..... Dois deles até já foram titulares de cartórios no interior do estado, mas foram destituídos das funções. Eles se valeram da expertise para fraudar os documentos", explicou o delegado responsável pela operação, Marlon Pacheco, do Departamento Estadual de Combate à Corrupção e a Fraudes. "O homem que se passava por advogado, na verdade é dono de uma imobiliária e prometia resolver as questões jurídicas dos imóveis das vítimas. Eles usaram os nomes e as representações de pelo menos quatro cartórios”, completou.

Segundo o delegado, os suspeitos podem responder por crimes de estelionato, falsificação ideológica, falsificação de documentos, usurpação de função pública e apropriação indébita. Se condenados, podem pegar até 15 anos de reclusão.

“ - As investigações vão continuar. Agora, vamos analisar a documentação apreendida para identificar novas possíveis vítimas e estimar os prejuízos”, disse. Ainda de acordo com Pacheco, a polícia pode pedir pela prisão preventiva do terceiro investigado, caso ele se oculte das investigações.

O policial não informou qual o prejuízo da vítima, mas disse que as investigações vão continuar para tentar localizar outras pessoas que tenha caído nos golpes do trio. Crimes do tipo podem ser denunciados via Disque Denúncia 181

ATENÇÃO

Para evitar cair nesse tipo de golpe e pagar por documentos falsos, o delegado responsável pela operação, Marlon Pacheco, do Departamento Estadual de Combate à Corrupção e a Fraudes de falso titulares de cartórios, recomenda que, antes de solicitar o serviço, o interessado procure diretamente os cartórios encarregados de resolverem essas questões jurídicas.

O delegado destacou também a condutas dos prestadores de serviços.
“Todos os profissionais têm seus registros e seus órgãos de classe que podem ser consultados por qualquer pessoa”, salientou.

Cuidados na Contratação do Serviço

Nem sempre é fácil identificar que o profissional ou empresa é habilitada ou tem conhecimento técnico para execução dos serviços, por isso alguns cuidados podem ser tomados:

- Prefira uma empresa especializada -Alguns profissionais podem fazer o processo de regularização do imóvel, mas não tem o conhecimento necessário para tal, não conhecem a legislação, procedimentos, normas e etc. Aqui indicamos a IMA Projetos

- Empresa geralmente tem telefone fixo e endereço fixo - Profissionais tem como "extra", alguns projetos que conseguem captar, porém não como serviço principal, dessa forma criam empresas fictícias que aparecem no mercado, porém sem experiência. Faça uma visita à empresa se necessário.

 - Empresa de Arquitetura e/ou Engenharia é registrada no CREA e/ou no CAU - Engenharia e Arquitetura possuem órgãos reguladores que são o CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) e o CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) e as empresas e os profissionais desse ramos devem estar cadastradas em um, ou outro, ou em ambos (caso do IMA e seus responsáveis técnicos).

A verificação se dá pelo nome ou registro, pelo CREA se acessa

http://www.crea-mg.org.br/index.php/servicos/consultas e escreve o nome/ no campo indicado e o site informa se é cadastrado.

pelo CAU  se acessa

https://acheumarquiteto.caubr.gov.br/  e escreve o nome/ no campo indicado e o site informa se é cadastrado:  

- Quando o valor para o desenvolvimento do serviço é muito convidativo é sinal de alerta - preços muito convidativos podem sugerir que o profissional não sabe o trabalho que deverá ser desenvolvido ou então não está sendo estimado o serviço total, surgindo posteriormente acréscimos.

- Procure saber se a empresa e os profissionais são reconhecidos no mercado - geralmente empresas e profissionais reconhecidos no mercado saem em reportagem em jornais e/ou blogs de notícias reconhecidos, portanto procurar reportagens sobre o assunto com a empresa e profissional  poderá ser conveniente.

- Converse com a IMA Projetos e veja se é possível cobrir a oferta - a IMA Projetos possui grande credibilidade no mercado e tem um imenso prazer em ajudar as pessoas com seus problemas de regularização de imóveis, e em alguns casos é possível cobrir o valor ofertado por outro profissional (em propostas de igual teor) - Converse sobre sua proposta

 

 

FONTE: HTTPS://WWW.OTEMPO.COM.BR/CIDADES/POLICIA-CIVIL-INVESTIGA-FALSIFICACAO-DE-DOCUMENTOS-PARA-REGULARIZACAO-DE-IMOVEIS-1.2411842